Instrumentos Musicais da Bíblia

Fresh and Creative Design

 

No princípio da Bíblia encontra-se o nome de Jubal, filho de Lameque, como sendo o inventor de instrumentos musicais (Gênesis 4:21).

 

Leia Mais

Que é Música Sacra?

Easy Customization

 

Há diferentes opiniões a respeito do que seja música sacra. Tradicionalmente entende-se por música que não lembra a música do mundo e que desperta sentimentos de religião,

 

Leia mais

Ganhando Almas para Cristo

Browser Compatibility

 

Aproximação e acompanhamento são elementos indispensáveis para alguém que quer ganhar almas para Cristo. 

 

Leia mais

Que é Música Sacra?

 Por: autor desconhecido

 

“Há diferentes opiniões a respeito do que seja música sacra. Tradicionalmente entende-se por música que não lembra a música do mundo e que desperta sentimentos de religião, espiritualidade, santidade e adoração a Deus. (...) Deve ser lembrado que uma música não se torna sacra simplesmente porque é composta para ser tocada na igreja, e nem só porque é tocada na igreja.” Instituto Batista de Educação Religiosa da Convenção Batista do Estado de São Paulo, Música e Louvor p.22.

 

Convém saber, que toda a música sacra é religiosa, mas nem toda música religiosa é música sacra. Uma música não é considerada sacra apenas porque o seu autor é um cristão, a sua letra fala de Cristo, ou porque pertence ao repertório de alguma Religião. Ela deve ser santa em si mesma, porque música sacra, é música santa.

 

 

O jovem Davi louva ao Senhor enquanto guarda o seu rebanho

 

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA MÚSICA SACRA

 

1- Promove uma correta visão de Deus, de Sua justiça e de Seu amor. 2- Sua letra deve comunicar uma mensagem bíblica doutrinária, de gratidão, e/ou de louvor ao Nome do nosso Criador. 3- Não desperta sentimentos humanos do passado ou do presente, vividos em experiências alheias aos propósitos da Salvação. 4- Impulsiona a viver por Cristo e para Cristo. 5- Não lembra a música secular em quaisquer de suas formas. 6- A letra deve ser uma oração, e por conta disso, todo o seu conteúdo deve ser bem claro para merecer um AMÉM no final. 7- Os elementos musicais são subalternos aos elementos religiosos em toda sua composição. 8- Sua forma musical deve comunicar Espiritualidade. 9- Desenvolve no pecador, uma correta visão de si mesmo e do seu estado pecaminoso. 10- Conscientiza o pecador da importância do sacrifício na cruz em seu favor, e desenvolve a sua fé. 11- Desperta e desenvolve os sentimentos religiosos que motivam a reverência e a adoração ao Criador. 12- “A música deverá não ter nenhum outro alvo ou objetivo senão a glória de Deus e a recreação da alma.” Bach.

 

PRINCIPAIS ELEMENTOS DA MÚSICA

 

“Embora a música seja, em si mesma, um Dom de Deus, ainda assim ela obedece às leis da ciência. Os elementos principais da música são: Melodia, Harmonia, Ritmo e Forma. MELODIA é a organização simples de uma série de sons musicais. É também o elemento básico sobre o qual a música é composta e a principal fonte para a identificação HARMONIA é a combinação de sons ouvidos simultaneamente e em geral conhecidos como acordes. Há a possibilidade de um número sem fim de combinação de sons; por isso a harmonia serve para expressar e projetar diferentes estados da alma. RITMO é tudo que diz respeito à duração do som. É a combinação dos grupos de pulsações (batidas) de diferente duração. O ritmo é o elemento musical mais forte do apelo emocional causado pela música, o que mais prende a atenção. FORMA é o modo pelo qual se organiza a melodia, a harmonia e o ritmo. Uma boa forma proporciona a unidade básica para a mensagem a ser apresentada através da composição musical.” Instituto Batista de Educação Teológica da Convenção Batista do Estado de São Paulo, Música e Louvor, p.23.

 

Fonte: Música Sacra e Adoração

Email

Você precisa contactar-nos?

Envie e-mail para:

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Temos 5 visitantes e Nenhum membro online